Notícias do nosso gerenciador de pacotes “urpmi”

Notícias do nosso gerenciador de pacotes “urpmi”:
Herdado da distribuição Mandriva, o gerenciador de pacotes padrão da Mageia é URPMI. Ele oferece uma ampla gama de recursos para gerenciar repositórios de software, instalar, atualizar e remover aplicativos empacotados em formato rpm. Este formato padronizado é adotado por muitas distribuições conhecidas, como Red Hat, Fedora, CentOS, Suse e OpenSUSE.
Urpmi também é usado para atualizar sua distribuição.
Esta ferramenta vem com muitas ferramentas:
– urpmi, urpme para instalar e remover aplicativos,
– urpmq para pesquisar um aplicativo consultando repositórios    
– urpmf para pesquisar um pacote dos arquivos que ele contém    
– urpmi.update para atualizar seu sistema e aplicativos    
– urpmi.addmedia e urpmi.removemedia para adicionar ou remover seus repositórios de software.

É também o aplicativo principal de:
– rpmdrake, a GUI para instalar / desinstalar pacotes
– drakx, o instalador Mageia de um DVD ou da rede
Para mais informações, consulte a página wiki de mageia.

Também merece destaque a chegada do “dnf” na distribuição nos últimos anos. No entanto, urpmi continua sendo uma ferramenta importante e fundamental para a Mageia, apreciada por seus usuários por sua facilidade de uso e eficiência. É por isso que este gerenciador de pacotes é mantido, continua a ser estabilizado e melhorado conforme novas versões são lançadas. Além disso, é compatível com rpm das versões 4.9 a 4.16 e também com perl das versões 5.8 a 5.32 e se beneficia de suas últimas evoluções. Veja aqui e aqui.
A documentação do URPMI e do URPM foi aprimorada, como pode ser visto aqui e aqui . Também está bem documentado e traduzido em nossa documentação .

Qual é o próximo?
O futuro é brilhante para URPMI. Na verdade, seu desenvolvimento não está parado e deve tomar novos rumos.
Prevê-se a utilização do gerenciador de dependências libdnf / libsolv que traz um melhor gerenciamento dessas dependências, principalmente com as chamadas dependências “fracas” (para isso estamos aguardando uma estabilização de suas interfaces de programação).
Para que o urpmi seja perfeito, precisamos de feedback do que não funciona. Para fazer isso, eles devem ser carregados em nosso bug tracker .

(escrito em inglês por neoclust e traduzido por macxi, que agradece a ajuda de Carlos Filho)

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *