Mageia estava no FOSDEM

O FOSDEM 2016 foi realizada em Bruxelas nos dias 30 e 31 de janeiro. Tivemos também a nossa Assembléia Geral Ordinária e conseguimos sair para um jantar agradável e algumas cervejas, com apresentação de alguns rostos dos novos contribuintes e renovando amizades de anos passados.

A organização do Fosdem tinha decidido fazer os standes menores, de modo que muitos mais projetos poderiam obter espaço. Nós ficamos muito felizes de ver muitos mais projetos e o crescimento na comunidade opensource.

Houve uma desvantagem, pois isso significava que o nosso stand ficou pequeno demais para servir local natural de encontro entre todos os Mageianos que estavam ao redor e não frequentavam palestras ou ocupado se comunicando com projetos upstream, por isso, eram menos grupos de colaboradores da Mageia e usuários, mas mais indivíduos. No entanto, a Assembléia Geral e o jantar ajudaram a ter ligação com o grupo 😉 Foi ótimo para ver muitos dos nossos contribuintes de novo, e ver os outros pela primeira vez, como Akien e hviaene, é claro, nós perdemos aqueles que não puderam vir.

O stand foi muito popular, muitos visitantes interessados sairam com um panfleto e/ou com um ou mais brindes Mageia :-) Havia adesivos como de costume, novas canetas com logotipo da Mageia e as habituais camisetas em muitos tamanhos. Os panfletos estavam em Inglês, Francês. Também tivemos bonitos pendrives USB de madeira com a imagem Live a Mageia 5 neles.

fosdem2016blog

Como em outros anos, houve muitas palestras interessantes para assistir. É claro que muitos de nós participamos da palestra dada pelo contribuinte Mageia de Bruno Cornec, sobre a construção de pacotes de distribuição Linux com Docker. Houve uma sala de dev disponível para todos os que queriam fugir do tumulto, que tinha muitas tomadas para conectar seu laptop e que provou ser um ótimo lugar para ajudar as pessoas a instalar a Mageia.

Durante o Fosdem, Public Radio Hacker fez uma entrevista com colaborador Mageia Chris Denice, ou eatdirt, que você pode ouvir aqui (em inglês).

Tivemos também a nossa Assembléia Geral, havia um comentário sobre as equipes, que estava incompleta porque nem todos os líderes de equipe foram capazes de participar. A coisa mais importante que aconteceu, porém, foi que ao rever equipe de sysadmin, optou-se por ter uma reunião do sysadmin imediatamente após a Assembleia Geral. Aquele encontro levou a grandes melhorias: um estagiário sysadmin foi aceito durante a reunião e ele começou logo após Fosdem (Para esse fim, gostaríamos de introduzir danf, Dan Fandrich, um administrador de sistemas experiente e embalador Mageia existente, que só precisa de treinamento para se familiarizar com a forma como a nossa equipe sysadmin e nossa infra trabalha), e nossa infra está se afastando do “acesso sysadmin total a tudo ou nenhum acesso em tudo” para “alguns têm acesso a tudo, mas outros administradores apenas a, por exemplo, fóruns, Bugzilla, wiki ou uma ou mais outras partes do Mageia”. Isso já levou a LpSolit (Frédéric Buclin um usuário Mageia de montante Bugzilla, que tem ajudado com bons conselhos sobre a manutenção de nossa Bugzilla desde o início) agora a melhorar as coisas no nosso Bugzilla diretamente por si mesmo e também para ele adicionar as mudanças necessárias no nosso git para o atualização do Bugzilla.

Além disso, um anúncio sobre o desenvolvimento ARM foi feito durante a Assembléia Geral. A compilação do ARM está chegando mais próxima, nós temos compilado nós configurados com Scaleway e o número pode ampliar conforme necessário. Esperemos que este seja utilizável em breve. Discutiu-se também que as novas pessoas que chegam têm que ser acolhidas e apresentadas aos nossos processos e discussões (via IRC/ML). Reuniões semanais não são fáceis de manter quando as coisas parecem estar travadas, apesar de discussões com pessoas disponíveis são, por vezes suficiente (mais pessoas é melhor: só vêm para assistir/ler posteriormente, pelo menos, meetbot ainda está ativo) para a falta de colaboradores ajudando BugSquad, ovitters sugeriu deixar os colaboradores ganhar pontos ao ajudar no Bugzilla, como em um jogo. Ele viu grandes resultados ao fazer isso no Gnome.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

As coisas boas vêm para aqueles que esperam … Mageia 6 dev1 está aqui

Após os atrasos causados ​​para atualizar as principais partes do sistema de base e mudar para o Plasma 5 Desktop Environment, estamos muito felizes em anunciar que o primeiro marco de desenvolvimento da Mageia 6 foi liberado e está pronto para o teste pela comunidade.

Note que apenas as imagens ISO clássicas foram libertadas, sendo essas as imagens DVD i586 e x86_64. As imagens ISO Live não estão prontas. Se as imagens Live puderem ser feitas funcionais logo, elas também podem ser liberadas, caso contrário, elas vão vir com a etapa de lançamento seguinte.

O tempo extra que tivemos tem permitido ir para versões mais recentes do Plasma, GNOME e outros componentes principais. Além disso, isso permitiu-nos fornecer suporte para hardware mais recentes graças a um kernel atualizado.

Mageia 6 dev1 será lançado com o seguinte:

  • Kernel 4.4.5
  • Glibc 2.22
  • Plasma 5.5.95
  • GNOME 3.19.2
  • Mate 1.13.0
  • Cinnamon 2.8.6
  • LibreOffice 5.1.1.3
  • Firefox 45
  • Chromium 49
  • Atualizações para todas as outras grandes aplicações e ferramentas

Observe também que a partir do lançamento, os nossos repositórios online já fornecem atualizações para Plasma 5.6.0 e GNOME 3.20.0.

Se você gostaria de testar estas ISO, você pode encontrar um link para baixá-los a partir do seu mirror preferido no website da Mageia.  Por favor, tenha em mente que este ainda é uma versão de desenvolvimento inicial. Agradecemos qualquer feedback sobre como esta versão funciona para você. Os relatórios podem ser feitos no Mageia Bugzilla. Como sempre, as ISOs  foram totalmente testadas por nossa equipe de controle de qualidade para garantir que elas são tão útil quanto possível. Se você gostaria de ajudar com esta tarefa ou quaisquer outras partes do desenvolvimento da Mageia, por favor, dê uma olhada aqui para saber mais sobre maneiras de se envolver. Nós sempre damos boas vindas a novos colaboradores.

Em outras notícias de desenvolvimento, o ARM port está perto de estar pronto para uso, por isso atente para um anúncio sobre isso em breve. Nós também contratamos um designer gráfico para ajudar a refrescar o visual das ferramentas da Mageia. Finalmente, o trabalho em DNF, mirrorbrain, outras características e outras coisas interessantes  continuam.

Os recursos propostos para a Mageia 6 e o ​​trabalho que está acontecendo com eles podem ser vistos aqui. Se você gostaria de contribuir para eles, sinta-se livre para se juntar à lista de email dev.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | 5 Comentários

Venha conhecer-nos na FOSDEM 2016, em Bruxelas

Fosdem 2016 banner

A edição da FOSDEM 2016 está se aproximando, e como de costume a Mageia irá estar com um estande lá com muitos colaboradores e membros da comunidade. É provavelmente o maior evento de software livre na Europa, e também o evento onde a Mageia tem a maior presença. É também a ocasião da nossa Assembléia Geral anual da associação Mageia.Org que apoia a sua distro favorita, mais o lendário jantar Mageia no sábado à noite onde,  naturalmente, todos são muito bem-vindos! :-)

O evento terá lugar em Bruxelas no sábado 30 e domingo 31 de janeiro, no Campus ULB Solbosch (Universidade Livre de Bruxelas), e nosso estande irá estar, como de costume no primeiro andar do edifício K. Você vai, naturalmente encontrar algumas guloseimas agradáveis ​​como etiquetas, folhetos, canetas, pen drives e camisetas, mas também ter a possibilidade de discutir com muitos colaboradores, obter a Mageia 5 instalada ou ver uma prévia do que está atualmente sendo preparado no caldeirão!

Se você planeja se juntar a nós lá, não se esqueça de colocar o seu nome na página wiki de preparação do evento. Mesmo se você não está planejando ajudar no estande ou participar do jantar, ainda é bom saber quem esperar para os eventos. Para aqueles interessados ​​em assistir à Assembléia Geral (todos vocês são muito bem-vindo!), em breve nós iremos postar os detalhes sobre a sala e o horário.

Ansioso para conhecê muitos membros da comunidade em Bruxelas!

(escrito em inglês por Rémi Verschelde e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Comentários fechados em Venha conhecer-nos na FOSDEM 2016, em Bruxelas

Nosso primeiro Backport – HPLIP 3.15.11

Em primeiro lugar, Boas Festas para todos. Nós todos esperamos que você tenha boas festas e que o Ano Novo traga boa fortuna. Mas voltando ao tema em questão…

Existem os repositórios Backport para que possamos fornecer atualizações para os softwares que são necessários por alguns usuários, ou proporcionam melhorias significativas de recursos, mas que são potencialmente disruptivo para sistemas estáveis ​​instalados.

Este é o caso da versão mais recente software da impressora e scanner HP (hplip), que adiciona suporte para alguns novos dispositivos, mas que nossos testes de QA constataram ser incompatível com alguns dispositivos existentes.

Mais detalhes dos dispositivos que são suportados por hplip-3.15.11 podem ser encontrados nas notas de lançamento do hplip

Uma lista de impressoras HP e a versão mínima necessária de hplip pode ser visto aqui e as novas impressoras que são suportadas por este backport são listadas aqui.

A nova versão dos pacotes hplip estão agora disponíveis no repositório Core Backports.

Se você tem uma nova impressora ou scanner HP que não funciona corretamente com a Mageia 5, você pode necessitar desses pacotes.

Instalar backports na Mageia é bastante simples:

Em rpmdrake, “Instalar & Remover Programas “, selecione o backports do primeiro filtro listado. Se uma versão anterior está instalada, os pacotes disponíveis serão marcados na coluna de status com uma seta para baixo, com uma linha acima dele em um círculo vermelho. Selecionar e instalar os pacotes apropriados para a sua arquitetura.

NÃO é necessário para habilitar os repositórios Backports.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Comentários fechados em Nosso primeiro Backport – HPLIP 3.15.11

Algumas notícias do que está a ferver no caldeirão

Para aqueles de vocês que estão mais familiarizados com a Mageia e do seu desenvolvimento, você está começando a saber o que fazer: o Caldeirão é o lugar onde nós quebramos coisas, atualizando tudo o que tentamos manter estável durante o ciclo de lançamento anterior e, em seguida, nós trabalhamos para tornar novamente estável. Estamos agora nesta fase de estabilização e nós estávamos apontando internamente para um primeiro instantâneo de desenvolvimento da Mageia 6 como um conjunto de imagens ISO, mas ainda há uma série de fatores que tornam isso difícil agora.

O estado atual do Caldeirão ainda é relativamente instável, com as principais atualizações para os principais componentes do sistema base e para os principais desktops. Isso levou a ambos os ISOs clássicos e Live serem gerados com uma qualidade que não estamos dispostos a liberar.

Portanto, planejamos lançar os primeiros ISOs nas primeiras semanas de 2016, e, em seguida, continuar com a programação regular de lá. O primeiro teste feito em um conjunto interno de ISOs não foi em vão, pois ele nos ajudou a avaliar melhor o estado atual do Caldeirão e como ele se comporta com o instalador, e os nossos empacotadores já estão trabalhando duro para corrigir os problemas identificados.

Com o desenvolvimento da Mageia 6, nós estamos olhando para a reestruturação das  imagens que nós liberamos, como percebemos a finalidade dos LiveCDs em Inglês e somente de 32 bits e do limitado dual-arco DVD foi muitas vezes incompreendido (e, portanto, repercutindo mal na a imagem da Mageia, para os usuários dessas ISOs). Queremos criar um conjunto de mídias que se encaixem melhor com os casos de uso para fazer a Mageia ainda mais acessível. Além disso, estamos renomeando as ISOs de pré-lançamento para o desenvolvimento e estabilização instantâneos (snapshots), como nós sentimos que dá uma melhor indicação do que pode ser esperado a partir deles.

Se você gostaria de se envolver agora, as informações sobre testes e funcionando do Caldeirão podem ser encontradas aqui.

Em breve publicaremos um roteiro de desenvolvimento indicativo para que você saiba mais precisamente quando esperar os futuros lançamentos.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Comentários fechados em Algumas notícias do que está a ferver no caldeirão