Resumo semanal – 2017, semana 8

Então, este resumo semanal é uma coisa nova que nós estávamos querendo tentar, com a esperança que trará mais atenção às mudanças do dia a dia na Mageia 5 e no Caldeirão, e  no que as várias equipes estão trabalhando agora.

A grande coisa que está acontecendo agora é o teste das ISO para a próxima etapa da Mageia 6, a sta2 (abreviação de “instantâneo de estabilização 2”). Novas imagens foram construídas com a correções para mga#20074, o erro de corrupção de tabela de partição que mencionamos em um post anterior. Se os testes tiverem êxito, o lançamento não estará muito longe.

Houve algumas grandes atualizações também. O Caldeirão está com o kernel 4.9.12, enquanto a Mageia 5 está com o kernel 4.4.50 em testes de atualizações, com várias correções de bugs e vulnerabilidade de segurança. Pouco antes de ser validado, uma nova compilação foi feita com correções escolhidas para corrigir CVE-2017-6074, uma vulnerabilidade de segurança crítica que foi anunciada ontem e fez as manchetes da imprensa especializada. Aparecerá nos espelhos depois de passar pela validação da Equipe QA, Provavelmente hoje devido à sua natureza crítica.

A atualização do ffmpeg para 3.2.x e as outras atualizações e reconstruções associadas no  Caldeirão também está em andamento; O ffmpeg 3.2.4 está disponível nos repositórios de teste e será movido para lançamento assim que estivermos confiantes de que todas as dependências inversas funcionarão com esta versão ou podem ser descartadas com segurança.

Também houve atualizações para a pilha do NetworkManager no  Caldeirão, e partes do XFCE estão sendo modificadas e atualizadas para que as novas ISOs enviadas com XFCE dêem uma grande experiência. Mais sobre isso virá em uma futura postagem no blog.

A outra grande notícia é que as eleições das equipes estão chegando, algumas equipes já começaram a discussão e vão votar em breve, então, se você está envolvido com qualquer uma das equipes, procure as mensagens sobre a votação.

Embora não seja específico para quaisquer atualizações ou coisas que você vai ver, tivemos uma interessante reunião do Conselho  na terça-feira, onde discutimos possíveis postagens de blog que queremos escrever. Uma parte interessante foi que tentamos algumas videoconferências depois da reunião, e foi bom colocar rostos nos nomes e ouvir vozes, então espero que isso ajude a facilitar algumas decisões mais rápidas e seja útil para outras reuniões e a assembléia geral anual da associação. Em uma nota maior, Schultz ficou desapontado ao descobrir que ele foi vencido no cabelo e barba …

Mais seriamente, deve haver muito mais informações disponíveis no Facebook e no Twitter, Então procure mais coisas lá. Além disso, uma nova postagem no blog sobre o processo de documentação da Mageia foi recentemente publicado. É uma leitura muito boa, dando uma boa visão sobre o que se passa para fazer a documentação e quais as diferenças entre a wiki e a “documentação oficial” que acompanha cada lançamento. Há também uma lista de outras postagens do blog sobre a colaboração com outras distribuições, jogos e outras mudanças na distro em breve, então olhe para eles também.

Como esta é a primeira dessas atualizações, gostaríamos de ouvir seus comentários sobre ela: foi informativa o suficiente? Foi muita informação? Ou qualquer outra coisa que você poderia sugerir?

(escrito em inglês por Donald Stewart e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

De onde vem a Documentação da Mageia?

Pedimos ao Lebarhon, da equipe de Documentação, que escrevesse um pouco sobre o trabalho da equipe e os vários recursos que eles criaram para nossos usuários. Neste artigo, ele apresenta seu trabalho sobre a “Documentação Oficial” e a wiki Mageia.

A Documentação Mageia é composta de duas partes: a ” Documentação Oficial e a wiki . A forma como são geridos é muito diferente.

Documentação Oficial e Mageia Wiki

Dentro da documentação oficial, temos a “Ajuda do Instalador Clássico”, a “Ajuda do Instalador Live” e a “Ajuda do NetInstall”. Esta documentação, diretamente relacionada ao processo de instalação é atualizada e enviada com cada nova versão do Mageia. A “Ajuda do MCC” (Centro de Controle Mageia) também pertence à documentação oficial. Ela é constantemente atualizada e embalada para ser incluída nas atualizações regulares baixadas. Toda a “Documentação Oficial” é escrita e validada pelas equipas da Mageia e depois traduzida para mais de 20 idiomas.

A wiki segue um processo muito diferente. Qualquer pessoa pode se cadastrar em uma conta e escrever, melhorar ou traduzir uma página wiki. O escritor é geralmente alguém que domina um assunto e quer promovê-lo (aplicação, jogo, ferramenta, configurações, truques, informações, …). Qualquer pessoa que queira traduzir uma página é bem-vinda a fazê-lo. A maioria das páginas wiki são traduzidas em 1 a 5 idiomas – o processo de tradução ainda é difícil, planejamos implantar uma extensão MediaWiki para simplificá-la (e então incentivar mais colaboradores a traduzir páginas wiki). As equipes da Mageia monitoram o wiki para garantir que ela esteja funcionando como deveria (e especialmente prevenir e remover spam), mas eles não podem revisar todas as páginas completamente.

Quem Escreve a Documentação Oficial?

A documentação oficial da Mageia depende do envolvimento de várias equipes:

  • Docteam (Equipe de Documentação), os escritores, composta por cerca de 10 pessoas, algumas das quais são nativas inglesas.
  • I18n, os tradutores, composta por 1 a 10 pessoas, dependendo da língua (cerca de 20 línguas).
  • Atelier, eles gerenciam a publicação e o acompanhamento do progresso da tradução.

As equipes são dirigidas por um líder eleito e vice-líder . Todos os novos voluntários são, naturalmente, muito bem-vindos .

O fluxo de trabalho

A documentação oficial segue um processo rigoroso. Em primeiro lugar, algumas semanas antes de um lançamento, Docteam escreve e/ou atualiza os textos em inglês no formato Docbook usando Calenco. Isso inclui fazer screenshots da próxima versão (para coincidir com a nova arte no instalador e MCC, bem como alterações GUI), verificação e revisão por um falante nativo em Inglês. Em seguida, o texto original em inglês é publicado nos formatos suportados : html, epub e pdf.

Aqui, a Equipe Atelier assume a conversão .po e sua transferência para o Transifex, graças a scripts caseiros. Os tradutores podem então fazer as traduções usando o Transifex ou qualquer ferramenta que preferirem, e também criar as capturas de tela traduzidas para colocá-las na Calenco.

Por fim, o Atelier pode publicar a documentação para todos os idiomas suportados nos formatos acima e integrá-lo nas novas ISOs (aqui também, usando scripts caseiros). O passo final é diferente para a ajuda do MCC, uma vez que não é fornecido com o lançamento, mas embalado como qualquer outra atualização.

Nada disso existe para o wiki. A escrita é feita por um voluntário sempre e em qualquer idioma que eles querem. Em seguida, melhoras e traduções são feitas por outros voluntários, se houver (sem prazo). Isso não quer dizer que informações úteis não podem ser encontradas na wiki, pelo contrário, é verdade, de fato, há muitos guias úteis e páginas de ajuda incluídas lá.

O Futuro da Documentação

Embora funcionando muito bem, as equipes Mageia têm algumas idéias para melhorar a documentação:

  • Indo para a documentação em maior profundidade para os recém-chegados, dando mais detalhes e ajuda de solução de problemas (UEFI, partição de inicialização do BIOS, configurações Grub2, Optimus …).
  • Existem ainda algumas das ferramentas do MCC ou seus recursos específicos que não são documentados ( pois envolvem hardware exótico)
  • Gostaríamos de enviar as ISOs com uma enorme seção de solução de problemas com o objetivo de ajudar as pessoas com má conexão à Internet (acesso reduzido a downloads, fóruns, ajuda, etc.).
  • Recrutamento de mais tradutores para fortalecer as pequenas equipes e oferecer mais documentação traduzida (principalmente no wiki).
  • Recrutar mais desenvolvedores para melhorar os scripts caseiros (por exemplo, sobre o gerenciamento de screenshots de documentação oficial) e atualizar o software wiki para um melhor suporte multilíngüe e um melhor gerenciamento de segurança.

Não há boa distribuição sem boa documentação em muitos idiomas e sem boa documentação sem equipes boas e grandes. Estamos contando com todos vocês.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Então, onde está a Mageia 6?

XKCD image representative of the accuracy of our own estimates?

What our current estimates might feel like

Não há mistério sobre isso, estamos totalmente fora do cronograma. A última visualização que publicamos para a Mageia 6 foi o Snapshot de Estabilização 1 em junho de 2016, e o Snapshot de Estabilização 2 ainda não foi publicado, embora tenhamos dito “em breve” por semanas ou mesmo meses! Então o que está acontecendo? Mageia está morto? Felizmente não. Mas é bom que você se preocupe com isso porque mostra que você gosta da sua distribuição do Linux. Precisamos nos comunicar sobre o estado das coisas para que você possa parar de se preocupar, então aqui estamos.

Há meses dizemos que “as próximas imagens ISO serão publicadas dentro de poucas semanas” … E é assim que a vemos … E muitas imagens ISO foram feitas, cada uma melhorando a anterior, e a Mageia 6 Stabilization Snapshot 2 será muito diferente do Stabilization Snapshot 1, porque durante todo esse tempo, o desenvolvimento tem acontecido, os bugs foram corrigidos, os pacotes foram atualizados, a arte foi integrada, etc. A boa notícia é que a Mageia 6 está realmente ficando boa. E na verdade já está, para todos aqueles que já executam os pacotes do caldeirão, a versão em desenvolvimento. Então por que não liberá-lo agora? Bem, vamos tentar dar-lhe algumas explicações.

Verão 2016, os primeiros problemas

Depois que nós liberamos o instantâneo de estabilização 1, nós naturalmente fomos para o próximo, embora nós soubéssemos que o verão é geralmente tempo de família para muitos contribuintes. Assim, era previsível um pouco de atraso no lançamento. Infelizmente, isso foi quando um de nossos empacotadores (que foi responsável pela construção das imagens ISO Live, mas também trabalhou como um administrador de sistemas em nossa infraestrutura e foi de grande ajuda para a depuração de bugs difíceis relacionados ao kernel),   anunciou que tinha de parar de contribuir por razões de saúde (ele voltou, mas teve que baixar o seu nível de contribuições). E nós não nos preparamos para isso, e demoramos  a voltar a ficar de pé. Felizmente, outros intensificaram progressivamente para preencher este vazio, e estamos agora em boa forma quando se trata de construtores ISO e a equipe de lançamento; Eles foram responsáveis ​​pela Mageia 5.1. Tratamos mais deste assunto mais tarde.

Independentemente disso, o número de bugs bloqueador de lançamento tinha crescido. A maioria deles pertencia às seguintes categorias:

  • Erros do instalador.
  • Plasma 5 (sucessor do KDE 4), e havia muitos deles na época porque ainda estava faltando maturidade ao Plasma.
  • Uma família desagradável de bugs onde o servidor X (responsável pela exibição gráfica) não conseguia iniciar no boot, dando apenas uma mensagem de “boa sorte” aos usuários. Muitos tentaram entender o que estava acontecendo, sem sucesso (até que finalmente resolvemos o problema!).

Setembro a Dezembro de 2016: novo cronograma e a Mageia 5.1

Levando em conta essas dificuldades, mudamos o cronograma e decidimos lançar a Mageia 6 até o final de 2016, mas certamente não mais tarde. (!)

Além disso, sentimos que nossos usuários já estavam esperando muito tempo pela nova versão (então o que devemos estar dizendo agora!), Então decidimos que seria bom construir e lançar rapidamente uma Mageia 5.1 que seria Mageia 5 com todas as atualizações que foram emitidas desde a sua versão inicial. Seria possível instalá-lo em hardware mais recente graças a um kernel e drivers mais recentes, e evitar o aborrecimento de ter que instalar um monte de atualizações logo após a instalação. Isto foi acordado sob uma condição: não atrasar a Mageia 6 mais ainda.

Mas…

Foi quando nossos servidores tiveram problemas graves de hardware e não conseguimos construir novas imagens ISO (atrasando assim o processo de “construir ISOs, fazer testes de controle de qualidade e relatar bugs, corrigir bugs, construir novas ISOs”) por algum tempo, e, em seguida, outras questões fizeram com que não pudéssemos construir os ISOs da Mageia 5.1 e da Mageia 6 simultaneamente, como foi inicialmente planejado. Lembre-se: não estava previsto que a Mageia 5.1 iria atrasar a Mageia 6. A criação da Mageia 5.1, que pensávamos ser rápida e fácil, nos deu mais problemas do que o esperado, devido a problemas com os novos kernels estáveis ​​(os mesmos kernels mais recentes que tornam possível instalar o Mageia 5.1 em um hardware mais novo).

Finalmente, lançamos a Mageia 5.1. Ufaaa! Perdemos mais dois meses no calendário da Mageia 6.

Aqui devemos esclarecer uma coisa: durante a criação da Mageia 5.1, apenas a equipe de construção da ISO, alguns empacotadores e a equipe de controle de qualidade estiveram envolvidas. O restante dos empacotadores, testadores e desenvolvedores ainda trabalhavam na Mageia 6, que obteve versões mais recentes do Plasma – o que permitiu um amadurecimento -, o GNOME e outros desktops, o kernel mais recente, o Xorg mais recente (que causou uma regressão desagradável, causando congelamento ao usar Plasma ou alguns outros programas como Chromium ou VLC, mas que felizmente conseguimos ajudar a corrigir o upstream no projeto Xorg, o que beneficiou outras distros afetadas pelo mesmo bug também … Esse é o espírito do software livre, nós nos beneficiamos do trabalho de outras pessoas, eles se beneficiam do nosso), e muitas outras coisas mais recentes, menos bugs também! O desagradável bug “Boa sorte” se foi, os mais irritantes bugs do Plasma se foram também (exceto um, ainda presentes estes dias, mas estamos tratando dele), vários bugs do instalador também se foram.

Também tivemos a oportunidade de criar equipes de mantenedores para várias partes críticas da distribuição, algo que a maioria dos empacotadores e nossa equipe de triagem estavam esperando há muito tempo. Isso trouxe o início de uma resposta para situações de um colaborador importante que parar de participar por qualquer motivo e poderia prejudicar-nos por um tempo. As pessoas se juntaram às equipes e agora estamos, por exemplo, com novas pessoas trabalhando em pacotes de kernel, desenvolvimento de instaladores e correção de bugs, e construção de ISO. Nem tudo está perfeito, mas está se movendo em uma boa direção.

2017

No início de 2017, o estado da distribuição parecia sólido e o QA estava quase pronto para deixar a ISO de estabilização Snapshot 2 ser lançada, pondo assim um fim a uma looooooooonga espera. Bem, isso foi antes de eles encontraram um bug de particionamento no instalador, que foi capaz de quebrar a tabela de partição. Uma tabela de partição quebrada significa, infelizmente, um computador mais ou menos quebrado, a menos que você seja tecnicamente esclarecido o suficiente para reconstruí-lo corretamente. Na maioria das vezes, a solução mais fácil seria limpar todo o disco (e perder dados) e começar novamente. A freqüência potencial do bug era muito alta para permitirmos que o instantâneo fosse lançado ao público em geral, mesmo com Erratas e alertas proeminentes. Você poderia ser perdoado por pensar que corrigir apenas um bug seria rápido, mas uma vez que estamos todos contribuindo no nosso tempo livre, realmente leva tempo para: 1) identificar os problemas 2) escrever patches 3) ter os patches revisados ​​por outro desenvolvedor 4) construir imagens ISO com os patches integrados 5) testá-los em várias situações e em vários hardware 6) encontrar uma regressão relacionada com o patch 7) escrever um novo patch, etc.

Não é uma situação agradável e uma das nossas prioridades para a Mageia 7 será trabalhar em caminhos críticos para que possamos resolver problemas mais rapidamente sem atrasar todo o processo de lançamento. Alguns de nossos colaboradores já se especializaram em ser o “óleo nas rodas” para o resto das equipes, mas podemos fazer melhor (talvez com você?).

Ressalva

A história acima é incompleta, provavelmente subjetiva (você provavelmente pode dizer que foi escrita por alguém que ama e acredita na comunidade Mageia), e pode não conter tudo o que tem sido feito por todos os colaboradores em todas as equipes diferentes. O autor desta postagem do blog agradece a todos e está confiante de que a maioria de vocês, como leitores, são provavelmente gratos a todos também, apesar de nosso atraso.

A situação atual

A situação atual é que temos um patchset relativamente bom para corrigir uma série de problemas do instalador, que foram atribuídos  a um ramo de testes. E foram testados com êxito no pré-teste ISOs Live. Agora estamos implantando-os no conjunto completo de ISOs Live e ISOs de instalador clássico para a equipe de QA testar, o que deve ser a construção final para o Snapshot 2 de estabilização.

Assim que chegarmos a uma solução satisfatória para o bug de particionamento, você poderá continuar testando a futura Mageia 6. Então trabalharemos o mais rápido possível para corrigir os últimos bugs bloqueadores de lançamento e lançar a Mageia 6 para todos.

Você pode ajudar

Se você gosta da Mageia como nós e quer nos ajudar a lançá-la mais rápido (mantendo nossos padrões de alta qualidade), gostaríamos de recebê-lo em uma de nossas várias equipes de colaboradores: embalagem, desenvolvimento, QA, testes ISO, ou qualquer outra das diversas coisas que fazemos. A pagina de contribuição é um bom lugar para começar, e você pode participar no nosso canal IRC para discutir como ajudar com outros colaboradores da Mageia.

(escrito em inglês por Samuel Verschelde e traduzido por macxi e Carlos Filho)

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Mageia se reúne e conversa no FOSDEM 2017

FOSDEM (Encontro Europeu de Desenvolvedores de Software Livre e Open Source) sempre foi o evento de escolha da Mageia para se reunir com a comunidade de colaboradores (e sim, no mundo Mageia os usuários definitivamente contam como contribuintes também). A edição deste ano, como sempre em Bruxelas, na Bélgica, será mais uma grande ocasião para nos reunirmos e conversarmos juntos sobre a Mageia.

Sem estande…

Há uma pequena decepção para nós, pois a equipe FOSDEM não poderia aceitar o nosso pedido habitual para um estande Mageia. Eles sempre tem mais demandas do que espaços disponíveis e precisam tomar algumas decisões difíceis. Nós não somos a única distribuição Linux a ser deixada no banco este ano, e isso é totalmente compreensível; À medida que o ecossistema de código aberto cresce e chega bem além do escopo das distribuições Linux, há muitos novos projetos multi-plataforma que preferem o FOSDEM como uma maneira de alcançar suas próprias comunidades.

… mas uma conversa oficial!

No lado positivo, vamos compensar a falta de um estande oficial com uma conversa no devroom das distribuições, por dois líderes da equipe Mageia, Anne da equipe dev e Samuel do bugsquad, intitulado “Mageia, sucessos e lições aprendidas 6 anos após a bifurcação“. Para aqueles que não podem fazê-lo, a palestra será gravada e os vídeos serão compartilhados pela equipe do FOSDEM, assim que estiverem prontos; Para aqueles que podem, aqui estão os detalhes:

  • Mageia, sucessos e lições aprendidas 6 anos após a bifurcação – Planos retrospectivos e futuros da comunidade de distribuição
  • Palestrantes: Anne Nicolas, Samuel Verschelde
  • Data: Sábado @ 12:00
  • Location: Sala K.4.601, ULB campus, Bruxelas
  • Mais informações: página da FOSDEM

… E, mesmo assim, muitos colaboradores da Mageia presentes!

Muitos de nós ainda estaremos participando do FOSDEM, mesmo que não tenhamos um estande oficial. Então por favor, dê uma olhada na nossa página wiki. Se você pretende vir a Bruxelas para a ocasião, nós definitivamente queremos ver você, falar sobre a Mageia e desenvolver as discussões importantes que a nossa apresentação da Mageia definitivamente deve acionar!

Provavelmente haverá um jantar Mageia no sábado, que é uma grande ocasião para estarmos algum tempo juntos e termos discussões amigáveis ​​em um ambiente mais calmo do que os zumbido dos salões da FOSDEM! Podemos também ter uma sala por algum tempo no FOSDEM para uma curta reunião real com todos juntos – vamos postar mais informações sobre ela na página wiki, assim que for confirmado.

Enquanto isso, fique atento para obter mais informações sobre a Mageia 6 e o próximo 2º instantâneo de estabilização. Sabemos que a nossa comunicação tem falhado recentemente e estamos trabalhando para compartilhar mais detalhes sobre nosso trabalho em andamento com você. Obrigado por acreditar na nossa grande distro. Você vai ver em breve que valeu a pena esperar pela Mageia 6!

(escrito em inglês por Rémi Verschelde e traduzido por macxi)

 

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Felizmente Anunciando a Mageia 5.1

Como estamos chegando perto do final do ano, a Mageia tem um presente para você! Estamos muito satisfeitos em anunciar o lançamento da Mageia 5.1!

Esta versão – como o Mageia 4.1 estava no seu tempo – é um respin da instalação da Mageia 5 e imagens ISO Live, com base no repositório da Mageia 5 e incorporando todas as atualizações para permitir uma instalação atualizada sem a necessidade de instalar quase um ano e  meio de atualizações. Por isso, é recomendado para novas instalações e atualizações da Mageia 4.

As novas imagens ISO estão disponíveis na página de downloads, tanto diretamente como através de torrents.

Se você estiver atualmente executando a Mageia 5, então não há necessidade de instalar a Mageia 5.1, pois é o mesmo que o seu sistema, desde que as atualizações tenham sido instaladas.

A Mageia 5.1 vem com muitos pacotes atualizados, incluindo LibreOffice 4.4.7, Linux kernel 4.4.32, KDE4 4.14.5, GNOME 3.14.3 e inúmeras outras atualizações.

As Notas de lançamento completas e a errata contém mais detalhes sobre o hardware suportado. A adição importante é que a 5.1 pode agora ser instalado unidades baseadas em NVMe. A Mageia 5 e, por extensão, a 5.1, será suportado por até 3 meses após o lançamento de Mageia 6, detalhes completos podem ser vistos aqui.

Esta versão foi possível devido ao trabalho árduo das equipes de testes de QA e ISO, bem como ao trabalho da Comunidade de empacotadores, rastreamento de bugs e acompanhamento de avisos de segurança. O teste das atualizações e imagens ISO para todos os lançamentos é um trabalho grande e qualquer ajuda nisso é muito bem-vinda. A equipe de controle de qualidade tem uma vasta gama de tarefas, portanto, se você quer se envolver, ou estiver interessado em aprender mais sobre a equipe de controle de qualidade, consulte aqui , ou contribuir para Mageia em geral.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi e caffilhobr)

Publicado em Sem categoria | Comentários fechados em Felizmente Anunciando a Mageia 5.1