Felizmente Anunciando a Mageia 5.1

Como estamos chegando perto do final do ano, a Mageia tem um presente para você! Estamos muito satisfeitos em anunciar o lançamento da Mageia 5.1!

Esta versão – como o Mageia 4.1 estava no seu tempo – é um respin da instalação da Mageia 5 e imagens ISO Live, com base no repositório da Mageia 5 e incorporando todas as atualizações para permitir uma instalação atualizada sem a necessidade de instalar quase um ano e  meio de atualizações. Por isso, é recomendado para novas instalações e atualizações da Mageia 4.

As novas imagens ISO estão disponíveis na página de downloads, tanto diretamente como através de torrents.

Se você estiver atualmente executando a Mageia 5, então não há necessidade de instalar a Mageia 5.1, pois é o mesmo que o seu sistema, desde que as atualizações tenham sido instaladas.

A Mageia 5.1 vem com muitos pacotes atualizados, incluindo LibreOffice 4.4.7, Linux kernel 4.4.32, KDE4 4.14.5, GNOME 3.14.3 e inúmeras outras atualizações.

As Notas de lançamento completas e a errata contém mais detalhes sobre o hardware suportado. A adição importante é que a 5.1 pode agora ser instalado unidades baseadas em NVMe. A Mageia 5 e, por extensão, a 5.1, será suportado por até 3 meses após o lançamento de Mageia 6, detalhes completos podem ser vistos aqui.

Esta versão foi possível devido ao trabalho árduo das equipes de testes de QA e ISO, bem como ao trabalho da Comunidade de empacotadores, rastreamento de bugs e acompanhamento de avisos de segurança. O teste das atualizações e imagens ISO para todos os lançamentos é um trabalho grande e qualquer ajuda nisso é muito bem-vinda. A equipe de controle de qualidade tem uma vasta gama de tarefas, portanto, se você quer se envolver, ou estiver interessado em aprender mais sobre a equipe de controle de qualidade, consulte aqui , ou contribuir para Mageia em geral.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi e caffilhobr)

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Mageia esteve na Paris Open Source Summit 2016

The 2016 POSS (Paris Open Source Summit, em 16 e 17 de nov). Foi um grande evento para a Mageia e seus 3 representantes que cuidaram do estande: Dtux, Magnux77 e Lebarhon.

Este ano, não houve usuários solitários vindo com laptops para nos mostrar problemas de exibição 3D ou que seu som não estava funcionando, o que mostra quão boa é a versão Mageia 5. Em vez disso, conhecemos muitas pessoas usando a Mageia para o desenvolvimento, o ensino ou para a sua vida profissional. Foi bom ver como a Mageia é conhecida como uma plataforma séria e confiável. Conhecemos o líder de Alcasar, Um controlador de acesso à rede utilizado por muitas administrações francesas. Alcasar está funcionando em milhares de computadores, todos eles sob Mageia. Essas pessoas muitas vezes fazem boas perguntas, aqui estão dois exemplos, o primeiro de um desenvolvedor e o segundo de um professor:

Em um computador sem uma interface gráfica, após uma atualização automática, como saber se uma reinicialização é necessária? Ou pelo menos, quais pacotes precisam dele?

Mageia diz que os lançamentos Live são para testes. Para o primeiro uso da Mageia, muitas pessoas preferem usar um computador antigo não utilizado, o tipo de computador com recursos pobres. Infelizmente, as ISOs Lives são fornecidas com o KDE ou GNOME, os ambientes de desktop que precisam de mais recursos! Você não acha que os lançamentos Live devem ser enviados com LXQt ou Xfce?

Da maioria dos visitantes, a mesma pergunta estava sempre voltando de novo e de novo. No caso de não estar em sua mente …. “Quando esta previsto o lançamento da Mageia 6?” Por um lado, é bom saber que a Mageia 6 é tão esperada, mas por outro lado, isso significa que a nossa comunicação não é bastante boa (isto é algo que nós tentaremos trabalho em).

photo-poss2016

POSS, Assim como qualquer outra exposição é também uma boa maneira (se não for a única?) de qualquer colaborador Mageia ou usuário conhecer e ver todos os colaboradores que já se reuniram em fóruns ou listas de discussão. Este ano tivemos o prazer de discutir a Mageia e Linux em geral com ennael, baud, rtp, papoteur e piratu.

Cheers Dtux, Magnux77 and Lebarhon.

Em resposta às perguntas feitas, a Mageia 6 será lançada quando estiver pronta, o lançamento do próximo marco deverá estar em breve.

A inclusão de um ISO Live “light” é algo que tem sido discutido algumas vezes, enquanto não há nada impedindo que isso aconteça, os testes adicionais necessários para testar três diferentes ambientes ao LIVE sempre provou ser crítico. Se alguns voluntários estiverem dispostos a ajudar com a construção de ISO e testes, então isso é algo que poderia ser abordado no futuro.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Mageia 5: suporte estendido e atualização geral

Com os atrasos da Mageia 6 e a aproximação do fim de vida (EOL) da Mageia 5 (inicialmente previsto para o início de dezembro), achamos que seria bom dar uma atualização sobre as coisas com a Mageia 5 e 6.

Em primeiro lugar, cada lançamento até agora tem tido suporte por até 3 meses após a próxima versão, e Mageia 5 não será diferente. Como a Mageia 6 está sendo adiada, o suporte da Mageia 5 será automaticamente estendido para dar aos usuários 3 meses para serem atualizados antes que a Mageia 5 deixe de receber atualizações de segurança.

Nós também estaremos lançando as ISOs da Mageia 5.1 muito em breve (eles estão esperançosamente em sua rodada final de testes agora). Isso permitirá que novos sistemas sejam instalados com todas as atualizações que a Mageia 5 recebeu. Como ocorreu com a Mageia 4.1, estas são as novas ISOs da mesma versão, então os sistemas instalados na Mageia 5.1 dependerão dos mesmos repositórios da Mageia 5 e receberão o mesmo suporte. Nós anunciaremos a EOL final assim que a Mageia 6 for lançada, mas você já pode contar com mais de 3 meses.

Em segundo lugar, a Mageia 6 não foi esquecida. Tivemos problemas com o servidor de construção ISO, mas agora que estes foram resolvidos e progresso da 5.1 é bom, o próximo marco de lançamento da Mageia 6 ira ocorrer logo após o lançamento do Mageia 5.1. Evidentemente, os desenvolvedores não estiveram ociosos, mesmo que não tenham sido produzidas ISOs, e o Cauldron está em excelente forma, com muitas atualizações e correções, por isso esperamos que os próximos marcos (instantâneo de estabilização 2, release candidate (s), final) cheguem rapitamente, e um perto do outro.

Em outras notícias, tivemos um estande na Paris, no Open Source Summit, uma texto completo sobre a notícia seguira em breve.

Origem da imagem – https://xkcd.com/606/

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Anunciamos a ISO da Mageia 5.1 e uma atualização sobre o progresso da Mageia 6

É provável que não seja novidade para você que estamos atrasados com o cronograma original da Mageia 6. Como uma distro desenvolvida pela comunidade com uma quantidade limitada de recursos e colaboradores, nós mantemos o “Lançamento quando estiver pronto” e não queremos apressar a liberação até que estejamos totalmente felizes com ele. Obviamente, ainda não estamos totalmente satisfeitos com a Mageia 6, embora esteja adequando-se muito bem! Por outro lado, estamos muito satisfeitos com a Mageia 5 e queremos continuar a apoiá-la até que a Mageia 6 esteja pronto para ser lançada.

Próxima ISO da Mageia 5.1

Devido a este atraso, vamos atualizar a versão das imagens ISO da Mageia 5 para preencher a lacuna até Mageia 6 estar pronta.

Os novos ISOS da Mageia 5.1 incluirá todas as atualizações de segurança e correção de bug liberadas para Mageia 5 até agora, incluindo o kernel do LTS atualizado (4.4.x) para suporte de hardware melhorado.

Como isso foi feito para Mageia 4.1, isto não constitui um novo lançamento em si, mas uma maneira mais fácil de instalar um up-to-date da Mageia 5. Usuários com a Mageia 5 já instaladas não terão que reinstalar nada, pois a atualização do sistema já tem o mesmo que as imagens  5.1. Novos usuários, no entanto, seria bom ter o bem testado kernel 4,4 desde o início, em vez de começar com o kernel originais 3.19 da Mageia 5.

Nós provavelmente iremos estender o período de suporte da Mageia 5 para cobrir, pelo menos, 3 meses de transição após o lançamento Mageia 6. A data de fim-de-vida exata será atualizada quando os ISOs 5.1 forem liberados.

Infra volta aos trilhos na Mageia 6

Tem havido alguns problemas de infra-estrutura, causando atrasos para obtermos os ISOs para construir, o que particularmente impacta o teste interno para instantâneo de estabilização 2 da Mageia 6 ao longo dos últimos meses. Estes já foram principalmente resolvido, e nossa equipe de construção da ISO (e seus novos recrutas!) terá a oportunidade para afinar o processo com os ISOs atualizados da Mageia 5, antes de voltar para Mageia 6.

Os atrasos têm permitido que a inclusão de versões mais recentes de algumas pilhas de software. Plasma amadureceu muito e ganhou estabilidade e integridade de recurso ao longo dos últimos meses, e nós seremos capaz de lançar a Mageia 6 com Plasma 5.8 LTS. Nós também iremos incluir GNOME 3.22, que está atualmente a sendo preparado para o Caldeirão.

Empacotadores e desenvolvedores trabalham os bloqueadores de liberação

A principal razão para o atraso do Mageia 6 são, claro, os bugs de bloqueio restantes (chamados bloqueadores de liberação) que queremos corrigir antes do lançamento.

Empacotadores e desenvolvedores estão trabalhando para corrigir os bloqueadores de liberação restantes. Uma nova ferramenta foi prontamente desenvolvida em Mageia App DB para ajudar a visualizar o progresso das versões dos bloqueadores atuais. Esperamos ter o segundo instantâneo de estabilização disponível logo após as ISOs da Mageia 5.1 serem liberadas, provavelmente em algum momento de outubro 2016. Quanto à versão final, nós não queremos dar uma data precisa ainda, mas devemos conseguir fazer o lançamento em 2016 🙂

Como sempre, muitas mãos fazem o trabalho leve, por isso, se você estiver interessado em testear ISOs, controle de qualidade, embalagem ou apenas quer se envolver com a Mageia, por favor, dê uma olhada aqui para mais detalhes sobre como se envolver.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Dandifying Mageia – Adicionando a pilha DNF para Mageia

Há um monte de coisas boas vindo para Mageia 6: KDE Plasma 5 desktop, alterações de outros ambientes de trabalho, muitos jogos novos, e uma nova camada de tinta com um novo estilo visual. No entanto, há um monte de melhorias sob o capô em Mageia também!

Entre as muitas melhorias menos visível esta é DNF, novo resolvedor de dependência. DNF (dandified Yum) é uma ferramenta da próxima geração de resolvedores de dependência e gerenciamento de pacotes de alto nível com uma história interessante. DNF segue sua ascendência a dois projetos: Yum de Fedora (Yellowdog Updater, Modified) e SAT (libsolv) Solver do openSUSE. DNF foi bifurcada da Yum há vários anos, a fim de reescrevê-lo para usar a biblioteca SAT Solver do openSUSE (que é usado em sua própria ferramenta, Zypper). Outra meta do garfo era reestruturar maciçamente a base de código para que uma API sã estivesse disponível tanto para estender DNF (via plugins e ganchos) como para aplicações de construção em cima dela (tais como interfaces gráficas e estruturas de automação do ciclo de vida do sistema).

DNF estará disponível para aqueles dispostos a usá-lo, no entanto, urpmi e as ferramentas de gerenciamento de software das atuais famílias Mageia permanecerá como padrão no Mageia para o futuro previsível.

Em muitos aspectos, estes objetivos foram alcançados. navios DNF com uma interface bem estruturada linha de comando, uma API fácil de usar e muito completo, uma dúzia de plugins do núcleo, e uma dúzia contribuiu plugins.

Como consequência do trabalho necessário para adotar DNF, Mageia agora é amplamente compatível com uma ampla gama de ferramentas para gerenciamento de sistemas com base no RPM, devido ao uso de ferramentas que é comum a outras grandes distribuições Linux baseadas em RPM (como Fedora e openSUSE). Por exemplo, ferramentas como Spacewalk and Katello vai (até certo ponto) ser capaz de gerir sistemas Mageia 6 para instituições como escolas e empresas.

PackageKit também tem sido mudado para um novo backend que aproveita o trabalho feito para permitir DNF, permitindo-nos ativar corretamente ferramentas de gerenciamento de software de aplicativos centrados como o Software GNOME e Plasma Discover do KDE, para proporcionar uma experiência de gerenciamento de software de desktop de alta qualidade através da área de trabalho com as ferramentas nativas do meio ambiente.

Além disso, estamos trabalhando com os desenvolvedores de Fedora COPR (Um sistema PPA-style desenvolvida e fornecida por nossos amigos no Projeto Fedora) para a Mageia 6 e Caldeirão serem adicionado como distribuições Linux suportadas. Isto irá permitir que as pessoas interessadas em fornecer pacotes de software livre/de fonte aberta para Mageia  terem um lugar onde eles possam construí-los e ter um repositório de pacotes hospedado. Uma vez que o suporte para Mageia for ativada no Fedora COPR, adicionar repositórios será tão fácil quanto o “DNF copr permitir”.

Um dos frutos nascidos a partir deste esforço é que o apoio à criação de pacotes para Mageia 6 agora é construído a partir Mock, a ferramenta padrão de construção de pacotes limpos utilizado pela Red Hat, Fedora e CentOS. A partir de Mock 1.2.18 e mais recentes (disponível nos lançamentos suportados da RHEL/CentOS e Fedora, bem como no próximo Mageia 6), é possível criar pacotes Mageia sem ter de mudar as distribuições ou construir manualmente chroots, contentores, ou máquinas virtuais. Da mesma forma, com a Mageia 6, é possível construir pacotes Fedora utilizando a mesma ferramenta. Claro, você pode criar pacotes Mageia de Mageia 6 com Mock também. Mock é o mecanismo de compilação do núcleo para o Fedora COPR, por isso foi essencial para fazer este trabalho, e assim se fez.

O trabalho para disponibilizar DNF na Mageia 6 representa quase um ano de trabalho, colaborando e cooperando com o upstream project e o Projeto Fedora para implementar isso da melhor maneira possível. Esperamos que a introdução de DNF e o novo backend PackageKit ofereça uma maneira nova e fácil de usar para as pessoas a interagir com o software instalado e disponível no Mageia!

Se você quiser saber mais sobre DNF, veja nossa página wiki sobre como usá-lo.

(escrito em inglês por schultz e traduzido por macxi)

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários